Oi, pessoa! Seja bem-vinda ao meu site. 

Este espaço tem o objetivo de registrar meus trabalhos, projetos, assim como apresentar outros interesses e também abrir espaços para diálogos e contatos. Na medida em que os ‘corres’ da vida permitirem, estarei sempre por aqui atualizando este registro biográfico.

Sou idealizador, cofundador e gestor da Escola de Comida, um coletivo politicamente comprometido em (re)pensar a relação tanto com a comida, quanto com a escola. Sou também podcaster do Flowda-se, um projeto que nasceu do desejo de transformar ‘incômodos’ pessoais em ‘revoluções’ coletivas.

Como pesquisador, sou editor científico da Revista Mangút Conexões Gastronômicas (UFRJ), estou doutorando em Nutrição em Saúde Pública (FSP/USP) onde desenvolvo uma tese sobre “dimensões socioculturais das práticas culinárias domésticas cotidianas de homens que adscrevem a sexualidades dissidentes”. No mestrado (PPCULT/UFF) pesquisei sobre as narrativas gastronômicas contemporâneas do Peru e suas relações com mercados consumidores, estratégias de distinção e lutas políticas.

Como docente, tenho passagens pela Gastronomia UFRJ e SENAC RJ; Celso Lisboa e UNIGRANRIO, onde atuei tanto na graduação quanto na pós-graduação como docente interdisciplinar. Tenho 15 anos de experiência profissional em gestão estratégica de startups, micro e pequenas empresas.

Sou um dono de casa especializado em improvisos na cozinha e cafés com amigas, principalmente. Gosto mais de vinho que de cerveja, mas nunca dispenso uma caipirinha com cachaça mineira, de preferência artesanal. Considero café e chocolate indispensáveis para calibrar o humor. Sou inconformado com o ‘estado atual das coisas’, com a hipocrisia e o oportunismo que ainda ocupam muito espaço nas relações humanas. Tenho baixa tolerância ao calor, fome e sono. Aprendi que “só a luta muda a vida” e ainda acredito que um mundo melhor seja possível.

Rio de Janeiro, julho de 2021.